sábado, 27 de fevereiro de 2010

Colbie Caillat - I Never Told You




I miss those blue eyes
How you kiss me at night
I miss the way we sleep

Like there's no sunrise
Like the taste of your smile
I miss the way we breathe

But I never told you
What I should have said
No, I never told you
I just held it in

And now,
I miss everything about you
Can't believe that I still want you
And after all the things we've been through
I miss everything about you
Without you

I see your blue eyes
Everytime I close mine
You make it hard to see
Where I belong to
When I'm not around you
It's like I'm alone with me

But I never told you
What I should have said
No, I never told you
I just held it in

And now,
I miss everything about you
Can't believe that I still want you
And after all the things we've been through
I miss everything about you
Without you

But I never told you
What I should have said
No, I never told you
I just held it in

And now,
I miss everything about you
Can't believe that I still want you
And after all the things we've been through
I miss everything about you
Without you

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Situação

Dois índividuos participam neste episódio: X e Y. Género e idade não relevantes para a situação.

X passa pela padaria antes de ir para casa. Compra o pão e passa por Y que está de chegada a casa. X entra em casa, abre o frigorifico, tira a manteiga, o iogurte. Fecha o frigorifico. Abre a gaveta e tira a faca. Fecha a gaveta. Senta-se à mesa e começa a comer.

Y chega casa. Fecha as janelas e vai à cozinha. X já está a terminar de comer mas Y aproveita e come tambem qualquer coisa já que as coisas estavam todas ali à mão de semear. Pega no telemovel.

X acaba de comer, arruma a manteiga, mete a faca para lavar, arruma o pão e pede a Y para limpar a mesa.

Y fica ofendido e diz que X não está a ser justo: X deve limpar a mesa.

X vai-se embora sem limpar a mesa.

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Maquilhagem falhada

Estava sentada no sofá, aborrecida por não ter nada para fazer, quando me surgiu a ideia de experimentar uma técnica de maquilhagem de aplicação de sombra escura nos olhos. Então, peguei em mim e nas minhas pernas e fomos direitas à casa de banho para começar a sessão =) Digamos que eu não tenho muito jeito para a coisa... e que quando apareci à frente dos meus pais eles ficaram chocados xD Na opinião deles parecia que tinha andado à porrada e que tinha levado um soco em cada olho =P

Apesar do resultado não ter saído como vi na fotografia não foi por isso que me deixei de divertir bastante de volta dos pós, dos pinceis, dos lápis...

Para a próxima certamente que me corre melhor =P

sábado, 20 de fevereiro de 2010

The Cranberries

Um momento de nostalgia invadiu-me quando anunciaram que os The Cranberries vinham a Portugal: 10 de Março @ Campo Pequeno.

Gostava de os ir ver mas até à data ainda não arranjei ninguém para ir comigo :(




sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Piercing

Quero fazer um piercing mas não tenho coragem. Só de pensar que me vão espetar uma agulha pela orelha até me arrepio toda. É que se ainda fosse com a pistola, como se costuma fazer nos furos normais, ainda vá que não vá... mas agora assim não consigo.

Penso que depois de ter a aprovação dos meus pais (sim, foram precisos anos para os convencer a fazer um piercing na orelha --' ) deixou de ser importante fazer ou não. Acho que o que interessava mesmo eram os momentos de discussão que havia sobre o assunto.

domingo, 14 de fevereiro de 2010

Dia dos Namorados

Para mim, apenas mais um dia como muitos outros. É uma data à qual não dou a mínima importância. É um dia bastante comercial: flores aqui, corações ali, ursinhos acolá.. tanta coisa que se pode comprar e todas elas carecem de sentimento verdadeiro.

Não é importante haver uma data para se estar com o outro/a. Não é preciso uma data para se fazer um programa a dois. Não é preciso uma data para se comprar um presente. Não é preciso uma data para se fazer uma surpresa. Não é preciso o dia 14 de Fevereiro!


(não é preciso nada disto mas é neste dias que me sinto mais triste... )

domingo, 7 de fevereiro de 2010

Nostalgia

Quem não se lembra deste pequeno brinquedo? :) Eu tinha um e adorava brincar com ele. Lembram-se do nome? View Master :)


sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Olho para trás. Recordo estes anos que por mim já passaram. O que sinto é que não os aproveitei da melhor maneira. Coisas que gostava de ter feito, na altura não as fiz. Coisas que gostava de ter dito, na altura não as disse.

E, como o tempo não volta atrás, não há como remediar, não há como fazer doutra forma, não há como viver determinado momento de outra maneira. A vida só segue num sentido e é nesse que temos que seguir.

Esforço-me por ser uma pessoa mais feliz. Esforço-me por mudar. Esforço-me por marcar a diferença neste mundo cada vez mais confuso, desajeitado, de pernas para o ar. E acredito que, daqui por mais 10 anos, quando voltar a olhar para trás, poderei constactar que a partir de 2010 as coisas começaram a ser diferentes.

Por agora apenas dou pequenos passos. Mas com os pequenos poderei chegar aos maiores e esses sim vão ser bons de guardar num canto especial das minhas recordações.

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

# Flor

Gosto de fotografia e não tenho qualquer formação na àrea mas não é por isso que deixo de fotografar. Aqui fica uma de muitas.

Descrição: Pode parecer uma simples rosa murcha. Mas não é. Tem muita história e só por isso já é bela. Uma rosa oferecida num de muitos jantares daqueles com pessoas amigas, desconhecidas, comuns...

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Ser polícia nos dias de hoje

Ser polícia não é tão mau quanto parece. Podemos pensar que um polícia tem uma profissão de risco pois está sujeito a levar com uma bala, ser esfaqueado, sofrer feridas de algum outro tipo de agressão. E é verdade. Não haja dúvidas que é verdade. E esses que vemos nas notícias a tentar manter a calma em manifestações ou demoliçoes de casas, apesar de por vezes terem atitudes excessivas para a situação, como por exemplo, espancar as pessoas até elas ficarem a sangrar, são os que estão na linha da frente.

Mas esses são uma parte dos polícias. Existem também aqueles cujo dever é fazer a segurança nas cidades, verificar se não há nenhuma contraordenação por parte dos veículos... Ora, para mim, essa é a melhor profissão que se pode ter nos dias de hoje. E porquê? Porque, apesar desses polícias existirem, não são vistos! E porquê? Ora, se for Inverno é porque está frio e de certeza que a esquadra está bem mais quentinha, se for Verão é porque está demasiado calor e de certeza que a esquadra está bem mais fresquinha.

Fico simplesmente revoltada quando vou a descer a avenida principal e vejo carros mal estacionados, carros parados na faixa de condução para poderem ficar mesmo em frente ao McDonalds para ir buscar o almoço/lanche/jantar ou para irem ao multibanco levantar dinheiro, carros estacionados em cima de passadeiras (bloqueando a passagem dos peões).

E isto em relação aos veículos. Já nem quero entrar no campo de uma pessoa sair para ir beber café ao fim da rua e ser assaltado. Ou então, serem 15h, uma criança regressar da escola feliz e contente e ao atravessar o jardim ser assaltado.

Chama-se a isto falta de profissionalismo, falta de autoridade, falta de respeito para com os cidadãos, falta de TUDO!

E é neste o país em que vivemos.